Amadorismo

Amadorismo

para Alicia F.

A gente sempre traça planos. A vida toda, sempre à procura, em busca, desejando, ansiando, querendo. Com certeza, essa determinação é que faz as engrenagens do dia-a-dia trabalharem a todo vapor. Vamos (des)respeitando horários e valores à medida que a fé na conquista e a loucura aumentam.

Ser claro. É uma das exigências. Definir, pontuar, ponderar, analisar, clarear as estratégias, as perdas e os ganhos são etapas julgadas a cada segundo. O problema é quando você não é claro consigo próprio e se utiliza da fantasia como remédio para as frustrações. Nem todo mundo percebe o que está subentendido.

Quais obrigações são pertinentes? Deveres, em qualquer âmbito, brotarão porque são necessários e também por serem inconvenientes. É fácil culpar os outros, enquanto o verdadeiro responsável foi você mesmo que não agiu com prioridades.

A ajuda e a interferência, de fora, virão. Afinal, o ser humano precisa da aprovação externa. Chegarão através de um elogio, de uma crítica, de um comentário. Estes são os elementos surpresas que beneficiam ou prejudicam. Mais uma vez, depende da forma como você lida com eles.

Se tudo der errado, comece de novo. Infelizmente perdemos a noção grega de que o tempo é cíclico. Para nós, ele é linear, o que passou não retorna. E infelizmente aceitamos que possuímos uma chance só. Sim, temos um único momento de decisão, mas a vida se ajeita e novas situações virão.

É muito fácil cobrar, difícil é se doar ou se permitir

José Eduardo Brum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *