Memória de Trabalho

Memória de Trabalho

Esquecia tudo: números de telefone, nomes de pessoas, datas e compromissos, tudo o que não era anotado na agenda tinha sua ausência confirmada. E mesmo a agenda era por vezes esquecida.

Foi pesquisar e descobriu que a deficiência na Memória de Curto Prazo, ou Memória de Trabalho, podia ser suprida com uma série de exercícios e com alguns desapegos tecnológicos. Memória de Curto Prazo, dizia o livro, é aquela que funciona pela repetição, até que tenhamos atingido o objetivo daquela informação, quando ela pode ser esquecida.

De noite viu a mensagem de um amigo pedindo o telefone de um pizzaiolo conhecido. Era tarde para ligar, dormiu com isso na cabeça, para não esquecer. Sonhou com pizza, acordou com um grito “Pizzaiolo!” ecoando pela casa, comeu pizzaiolo no café, viu pizzaiolo no jornal, falou pizzaiolo com os colegas no trabalho, cantou pizzaiolo no chuveiro e de noite levou a namorada para comer pizza. Missão cumprida, podia parar de repetir.

Gustavo Burla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *