O vedor

O vedor

Qual sua profissão?

Vedor.

Vendedor?

Vedor mesmo.

De… ver?

É, de ver.

E o que você faz?

…vejo…

Vê o quê?

Coisas.

O futuro?

Não é “vidente”.

Vê o quê?

Coisas.

Que tipo de coisas?

Do mundo.

Deste ou de outro?

Deste, ainda tô aqui.

Mas… vedor?

É, vedor.

Ainda não entendi.

A vida não tem coisas?

Tem.

E você vê essas coisas?

Vejo.

Pois eu também.

As coisas que estão aí?

Sim.

E que todo mundo vê?

Possivelmente.

Então eu sou vedor.

Você ganha por isso?

Não.

O que você preenche nesse quadrinho aí?

Profissão?

Não foi esse que me perguntou?

Sim.

O que preenche no seu?

Secretário.

Te pagam por isso?

Sim.

Então é secretário.

E te pagam?

Pra ser vedor?

Sim.

Sim.

– Num otimismo tácito, o secretário carimbou a ficha do aposentado e disse que seria o próximo a ser atendido.

Gustavo Burla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *