Chá de revelação

Chá de revelação

Despediu-se do radiologista e do obstetra com a convicção de que iria dar alguma coisa errada, mas Carolina insistiu que não queria saber do sexo do bebê antes do chá de revelação.

Na festa, apartamento cheio de amigos e parentes, a amiga ainda tentou alertar:

– Carolina, você tem certeza disso?

– Claro, vai ser ótimo compartilhar com todo mundo.

Chegou a hora de abrir o baú. Lindo, com jeito de antigo, coisa de vó, um charme especial de onde sairiam os balões voando. A amiga tentou de novo:

– Você pode não gostar do resultado, as pessoas vão perceber a cara de surpresa de vocês.

– Só pode ser coisa boa, sempre queremos uma criança, não importa o sexo.

Carolina e o marido abriram o baú. De dentro saíram voando balões azuis e rosas. A amiga ficou tensa, mas Carolina e o marido pularam de alegria:

– Gêmeos! Teremos gêmeos! Um casal!

Antes de ser perguntada, a amiga correu para a cozinha e levou pro carro o bolo de recheio roxo.

Gustavo Burla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *