Petricor

Petricor

Nunca imaginara que existia um nome para isso, mas lá estava: palavra recém-descoberta, colorida, líquido que corre na veia dos deuses e cai na pedra, um significado inteiro para seu aroma preferido, aquele que sobe do solo depois da chuva.

Foi exatamente o cheiro que sentiu quando a gota escorreu do olho e pingou no peito.

Táscia Souza

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *