Pedinte

Pedinte

Boa tarde. Desculpe incomodar o senhor, mas o senhor poderia me dar um trocado pra me ajudar a comprar um prato…

Dona Amélia? É a senhora mesmo? Ô, Dona Amélia, eu sou o Joaquim lá do Paulo VI, não tá lembrada?

O… Joca? Do sexto ano?

Isso, Dona Amélia. Que saudade da senhora. Adorava suas aulas. Parou?

Me pararam. Colocaram um professor de religião no lugar.

Que absurdo, Dona Amélia. Fico triste em saber. Eu mesmo sempre pensei muito na senhora.

Bom ouvir isso a esta altura da vida.

Suas aulas eram boas porque tinha gente lutando pelas causas.

Quem bom, Joca.

Na ditadura, quando os comunistas se armaram pra defender o povo, aquilo foi massa!

Estou emocionada.

Quero que os meus filhos possam ter aulas emocionantes assim, por isso gosto de luta armada.

É…?

Pois é, mas o que a senhora tava pedindo mesmo?

Pra você prestar atenção na aula, Joca. Só isso.

Gustavo Burla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *