Tratado sobre a tragédia e a farsa

Tratado sobre a tragédia e a farsa

Dentro do quarto quase escuro, o escritor tenta se concentrar. Apesar das buzinas lá fora. Apesar do estouro dos foguetes. Apesar dos gritos: os de euforia vindos da rua e os de pavor que ecoam dentro de sua própria cabeça. 

Mas o cursor piscando na tela branca, vazia, também é um grito. 

Táscia Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *