Caçadores

Caçadores

No misterioso encontro anual compareceram líderes de três entidades secretas de todo o mundo, preocupados com os novos acontecimentos. Todos tiveram voz, respeitando a ordem pela quantidade de sócios das respectivas categorias. O primeiro a falar foi o presidente dos hikikomori:

– Estamos perdendo associados. Desde que começou a caça aos Pokemóns nossos fiéis não resistem mais e saem de casa. Todos os aparatos tecnológicos desenvolvidos por décadas e o constante aprimoramento na linguagem dos mangás não têm conseguido prender essas pessoas em casa. Muito preocupante, perdemos quase 30% dos afiliados.

Em seguida, foi a vez do representante dos caçadores de borboleta, cujas rugas adquiridas pela profissão agravavam-se pela situação vigente:

– Os nossos também estão saindo. Nós andamos com nossas redes pelas ruas e pelos parques pra que nos deixem em paz, geralmente nos manicômios. Uma vez ali dentro, podemos trabalhar sossegados. Agora é normal fazer o que fazemos. Normal! Estão todos na rua fazendo como nós! 95% dos nossos saíram.

O terceiro a falar não falava. Era o representante dos leitores e estava lendo. Os dois pigarrearam e o outro saiu do livro. Olhou pros companheiros de segredo, que esperavam sua palavra.

– Pra mim não mudou nada, há anos que sou só eu.

Gustavo Burla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *